Siga-nos nas Redes Sociais


MEIO AMBIENTE

Recolha as fezes do seu cão, isto é uma questão de saúde pública!

Recolher as fezes dos animais das vias públicas deixa as cidades mais limpas e garante a saúde dos próprios pets. Veja como a prefeitura de Santos conscientiza e estimula a população, disponibilizando mais de 100 locais de recolhimento de fezes dos pets, em pontos estratégicos da cidade.

Publicado

dia:

A orientação para que as pessoas recolham as fezes dos seus animais de estimação é antiga e não segui-la é até passível de multa. Mesmo assim, ainda falta conscientização de grande parte da população. Além do contratempo desagradável de pisar na sujeira, as fezes dos animais contaminam o solo, chegam às praias, causando risco de doenças como o bicho-geográfico e colocam a saúde dos tutores e dos próprios animais em risco.

Sim, o tutor de animal que não recolhe as fezes está contribuindo para contaminar o meio ambiente e expondo seu próprio pet, e todos os outros, a diversas doenças. “O próprio cachorro pisa nessas fezes que não foram recolhidas ou até na calçada contaminada, já que muitas fezes foram dissolvidas com a água, e depois lambem as patinhas”, explica a médica-veterinária Karoline Castro, coordenadora da Codevida (Coordenadoria de Defesa da Vida Animal).

“Eles ficam expostos a bactérias, verminoses, a giardíase, que é uma das mais comuns e pode contaminar e até causar recontaminação no próprio animal. Além disso, existem as doenças virais como a parvovirose e o coronavírus canino. Acabam comprometendo seriamente a saúde deles, principalmente se não forem vacinados”, diz.

Recolhendo as fezes do pet, você protege o meio ambiente e a saúde dele. Faça a sua parte! (Foto: Isabela Carrari)

Lixeiras

Vale lembrar que não basta recolher as fezes e deixá-las embaladas embaixo de uma árvore ou em um canto, por exemplo. O correto é colocar em uma lixeira. Na cidade de Santos, SP, a multa para quem for pego cometendo essa infração é de, no mínimo, R$ 150,00, de acordo com lei complementar 831/2014.

Totens

Para conscientizar e estimular a população, a cidade de Santos oferece mais de 100 totens em pontos estratégicos. Cada um oferece embalagens feitas do papel kraft (o mesmo usado na embalagem de pães e salgados). A reposição de material é feita duas vezes ao dia e cada dispositivo tem disponibilidade de cinco mil sacos de papel por mês. Os totens também apresentam informações sobre o modo correto de recolhimento e descarte das fezes.

Seja consciente. Faça a sua parte! (Foto: Isabela Carrari)

São inegáveis a alegria e o bem-estar daqueles que desfrutam da companhia de um pet, mas estes devem ter também consciência acerca das obrigações que os animais domésticos acarretam. Os passeios com os cachorros são comuns pelas cidades brasileiras, sendo que há até profissionais que prestam este tipo serviço. Quem anda com seu pet por aí tem o dever de recolher os dejetos deixados pelo animal nas vias públicas, pois é uma obrigação e um dever moral do tutor, em qualquer situação, a cidade tendo ou não os pontos de coleta construídos pela prefeitura. Seja consciente!

ACESSOS DA PÁGINA

contador de visitas online

Siga o JB no Facebook

JB NO YOUTUBE

V-LINK FIBRA

SUNDOWN PARK

Apresentação vCardPRO Digital

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 955 outros assinantes

MAIS LIDAS DO MÊS